Vira como a Vida

No âmbito de “Guimarães 2012 - Capital Europeia da Cultura”, o Centro de Criação para o Teatro e Artes de Rua organizou um programa composto por vários espetáculos.

“Vira como a Vida”, dirigido por Clara Andermatt com Grupo Folclórico da Casa do Povo de Serzedelo e a banda Macadame, coloca em interação o tradicional e o contemporâneo, o rural e o urbano, o passado e o presente.

Partindo do reportório do grupo de Serzedelo, o espetáculo propõe uma abordagem nova, original, que concilia dois discursos coreográficos através de um processo de trabalho baseado na valorização e troca de saberes. Celebra as caraterísticas vozes do Minho, os trajes e os instrumentos, o vira, o malhão, a chula e tudo aquilo que estas danças e cantares transmitem; o sentimento impresso no movimento que fala português, que vira e torna a virar, como a vida.

categorias

Direção: Clara Andermatt | Assistente de direção: António Oliveira | Colaboração musical: Luís Pedro Madeira | Participação ao vivo: Grupo Macadame | Intérpretes: Grupo Folclórico da Casa do Povo de Serzedelo | Desenho de luz e direção técnica: Wilma Moutinho | Técnico de som: Nuno Couto | Produção executiva: CCTAR e ACCCA Companhia Clara Andermatt | Apoio à divulgação: Antena 2

Fotografias de Henrique Patrício

Próxima criação

Maior

< anterior