VOID

"VOID", de 2009, é o regresso de Clara Andermatt a Cabo Verde, dez anos depois. Um espetáculo sobre encontros, confrontos e embates no diálogo entre as culturas Cabo-verdiana e Portuguesa à luz das experiências biográficas dos intérpretes, Avelino Chantre e Sócrates Napoleão, que, através das colaborações com Andermatt, deixaram Cabo Verde para se mudarem para Portugal. Uma peça sobre pessoas, feita de experiências e de saudade, inspirada, nas tristezas, nas dificuldades, nos benefícios de uma década de crescimento.

“VOID Elétrico”, adaptação de 2010, junta aos intérpretes o percussionista Kabum (Domingos Sá), renovando a sua estrutura orgânica, com mais música e mais energia.

 

“Sou filho, sou irmão, tio, pai, primo, acima de tudo sou neto… neto dos meus avós…. O princípio desse paralelismo acidental… ou ocidental…? Os meus velhos que em criança me ensinaram a sentir um sentir especial, o estar, estar simplesmente, estar só, só no meio da multidão, em paz. Um estado… assim….VOID.”

 

“VOID” recebeu nomeação para Prémio Autores 2010 da SPA/RTP - categoria “Melhor Coreografia”.

categorias

Direção artística e coreografia: Clara Andermatt | Direção musical :João Lucas e Clara Andermatt | Criação musical: João Lucas, Avelino Chantre, Sócrates Napoleão e Domingos Sá (Kabum) | Textos: Avelino Chantre e Sócrates Napoleão | Interpretação: Avelino Chantre, Sócrates Napoleão e Domingos Sá (Kabum) | Figurinos: Aleksandar Protic | Desenho de luz e direção técnica: Anatol Waschke | Operador de luz: João Chicó | Operador de som: Albrecht Loops | Produção executiva: ACCCA Companhia Clara Andermatt | Coprodução “VOID”: Mito – Mostra Internacional de Teatro de Oeiras e ACCCA Companhia Clara Andermatt | Coprodução “VOID Elétrico”: Centro de Criação para o Teatro e Artes de Rua e Centro Cultural de Belém

Fotografias de Carlos Palma, Luís M. Barros, J. Portela

Próxima criação

Meu Céu

< anterior